Cientistas descobriram que cães demonstram alegria quando abanam o rabo do lado esquerdo e ficam desconfiados quando rabo é abanado no lado direito.

Cientistas da Universidade de Victoria, no Canadá, descobriram que o jeito que os cães usam a cauda é mais sutil do que eles pensavam, e que cachorros que abanam o rabo para a esquerda podem ser mais amigáveis do que os outros. A descoberta foi revelada nesta segunda-feira (1) pelo jornal inglês Daily Mail.

Os psicólogos animais descobriram que quando cães de carne e osso se aproximavam de um robô- labrador preto com cauda mecânica, eles ficavam menos desconfiados quando o robô mexia a cauda no lado esquerdo do corpo. Quando o robô abanou o rabo para o lado direito, bem menos cães se aproximaram de maneira confiante.

Na experiência, os pesquisadores usaram um robô com pele sintética que cobria um esqueleto. Um pequeno motor permitiu que a cauda pudesse ser mexida por controle remoto. Mais de 500 cachorros foram filmados enquanto se aproximavam do robô em um parque.

No estudo, publicado na revista científica Lateralidade, os cientistas prestaram bastante atenção se os cães hesitavam enquanto caminhavam em direção ao robô porque parar pode ser um sinal de falta de confiança, dúvida ou medo.

Na primeira rodada de experiências, 56% dos animais se aproximaram do robô sem hesitação quando a cauda balançou para a esquerda, mas apenas 21% fizeram o mesmo quando ela balançou para a direita.

Quando os cientistas excluíram incidentes como a presença dos donos – o que poderia influenciar os animais de estimação – os resultados foram parecidos: 41% dos cachorros se aproximaram sem hesitar quando a cauda balançava para a esquerda enquanto que apenas 28% fizeram o mesmo quando ela foi abanada para a direita.

Os pesquisadores disseram que não sabiam se o comportamento dos cães era resultado da experiência ou uma predisposição herdada. Mas avisaram que os resultados sugerem que a prática controversa de realização da caudectomia (cortar a cauda) de algumas raças poderia interromper ou comprometer a comunicação entre os animais.

Outros estudos medindo a angulação da cauda do cachorro enquanto esta se move de um lado para outro em diferentes situações também indicaram um balanço para esquerda em situações agradáveis como contato com o dono e oferecimento de petiscos e brinquedos e um balanço para a direito em situações desconhecidas.

O psicólogo animal Roger Mugford disse que a descoberta mostra que os cachorros se comunicam de forma mais sofisticada do que os pesquisadores imaginavam.

– Sabemos que os cães possuem uma linguagem. Ela é mais complicada do que simplesmente abanar o rabo,: também dá pistas químicas.

O psicólogo animal diz que o animal tem uma propensão ao lado esquerdo.

– Quando você faz um sinal para um cachorro, é melhor fazer isso com sua mão esquerda, que é para onde os cães tendem a olhar.

Segundo o pesquisador, os cães são mais humanos do que nós achamos.

Categories: Curiosidades

WhatsApp chat