Os cães são uns dos animais mais inteligentes que existem. Mas há grandes diferenças entre eles quanto à inteligência. Este ranking foi elaborado pelo renomado adestrador e psicólogo Stanley Coren, em seu livro A inteligência dos cães, publicado no Brasil pela Ediouro Publicações S.A. Ele não mostra a classificação exatamente quanto à inteligência: mostra a classificação de cada raça quanto à facilidade em aprender as coisas. Sabe-se que há mais de 300 raças, mas nessa classificação, foram analisadas apenas 133. Assim, algumas raças não foram incluídas no teste.

Graduações de 1 a 10

Corresponde aos melhores cães erm termos de inteligência e obediência para o trabalho. A maioria dos cães destas raças começa a mostrar sinais compreensão de comandos simples após apenas 5 repetições e não precisam de muita prática para manter estes comandos. Eles obedecem à primeira ordem dada pelo dono/treinador em cerca de 95% dos casos, e além disso eles costumam responder a estes comandos apenas alguns segundos depois de solicitado, mesmo que o dono esteja longe fisicamente.

Graduações de 11 a 26

São excelentes cães de trabalho. O treinamento de simples comandos são normalmente assimilados depois de 5 a 15 repetições. Os cães lembram destas ordens muito bem embora possam melhorar com a prática. Eles respondem ao primeiro comando em cerca de 85% dos casos, ou mais. Em caso de comandos mais complexos é possível notar, ocasionalmente, uma pequena demora no tempo de resposta, mas que também pode ser eliminada com a prática destes comandos. Cães deste grupo também podem demorar mais a responder se seus donos/treinadores estiverem fisicamente distantes.

Graduações de 27 a 39

São cães de trabalho acima da média. Embora eles demonstrem um entendimento preliminar de novas tarefas simples depois de 15 repetições, em média vão precisar de 15 a 20 repetições antes que eles obedeçam de forma mais imediata. Os cães deste grupo se beneficiam enormemente de sessões extras de treinamento, especialmente no começo da aprendizagem. Depois que eles aprendem e adquirem o hábito do novo comportamento, eles geralmente retêm os comandos com uma certa facilidade. Outra característica destes cães é que eles costumam responder logo no primeiro comando em 70% dos casos, ou ainda melhor que isso, dependendo da quantidade de tempo investido no treinamento deles. A única coisa que os separa dos melhores cães em obediência é que eles tendem a demorar um pouquinho mais de tempo entre o comando dado e a resposta, além disso eles parecem ter um pouco mais de dificuldade em se concentrar no comando na medida em que o dono se distancia fisicamente deles. No entanto, quanto maior a dedicação, paciência e persistência do dono/treinador, maior o grau de obediência desta raça.

Graduações de 40 a 54

São cães de inteligência de trabalho e obediência intermediária. Durante o aprendizado eles irão demonstrar sinais rudimentares de compreensão da maioria dos comandos após 15 a 20 repetições. No entanto, para que eles obedeçam razoavelmente serão necessárias de 25 a 40 experiências bem sucedidas. Se forem treinados adequadamente estes cães irão apresentar boa retenção e eles irão se beneficiar, definitivamente, de todo esforço extra que o dono dispensar durante o período inicial do aprendizado. Na verdade, se este esforço concentrado não for aplicado no início do treinamento, o cão parece perder rapidamente o hábito de aprender. Normalmente eles respondem no primeiro comando em 50% dos casos, mas o grau de obediência final e confiabilidade irá depender da quantidade de prática e repetições durante o treinamento. Ele também podem responder de uma forma consideravelmente mais lenta do que as raças classificadas em níveis mais elevados de inteligência.

Graduações de 55 a 69

São cães cuja capacidade de obediência e de trabalho é apenas razoável. Às vezes é preciso cerca de 25 repetições antes que eles comecem a mostrar algum sinal de entendimento do comando novo e provavelmente serão precisas outras 40 a 80 repetições antes que eles se tornem confiáveis em tal comando. Ainda sim o hábito de responder ao comando pode parecer fraco. Se eles não forem treinados várias vezes, com extra dose de persistência, estes cães irão agir como se tivessem esquecido completamente o que se espera deles. Sessões ocasionais de reforço serão necessárias para manter a performance do cão num nível aceitável. Se os donos trabalharem apenas o ”normal” para manter seus cães treinados, os cães irão responder prontamente no primeiro comando em apenas 30% dos casos. E mesmo assim, eles obedecerão melhor se o dono estiver muito perto deles fisicamente. Estes cães parecem estar sempre distraídos e que obedecem apenas quando eles assim desejam.

Graduações de 70 a 79

São as raças julgadas como mais difíceis, com o menor grau de inteligência de trabalho e obediência. Durante o treinamento inicial, podem precisar de de 30 a 40 repetições de simples comandos antes de mostrarem algum sinal de que fazem idéia do que se trata. Não é raro que estes cães precisem executar mais de 100 vezes um comando de forma correta, antes de se tornarem confiáveis na sua performance.

Classificação das raças mais inteligentes

1º: Border Collie

2º: Poodle

3º: Pastor Alemão

4º: Golden Retriever

5º: Dobermann

6º: Shetland Sheepdog (pastor da ilha de Shetland)

7º: Labrador Retriever

8º: Papillon

9º: Rottweiler

10º: Australian Cattle Dog (boiadeiro australiano)

11º: Welsh Corgi Pembroke

12º: Schnauzer Miniatura

13º: Springer Spaniel Inglês

14º: Pastor Belga-tervuren

15º: Schipperkee e Pastor Belga-groenendael

16º: Collie e Keeshond

17º: Pointer Alemão de pêlo curto

18º: Cocker Spaniel Inglês; Flat-coated Retriever e Schnauzer Standard

19º: Spaniel Bretão

20º: Cocker Spaniel Americano

21º: Weimaraner

22º: Pastor Belga-malinois e Bernese Mountain Dog (boiadeiro de Berna)

23º: Lulu da Pomerânia

24º: Irish Water Spaniel (spaniel d’águas irlandesas)

25º: Vizsla

26º: Welsh Corgi Cardigan

27º: Yorkshire Terrier; Chesapeake Bay Retriever (retriever da baía de Chesapeake) e Puli

28º: Schnauzer Gigante e Cão d’águas Português

29º: Airedale Terrier e Bouvier des Flandres (boiadeiro dos Flandres)

30º: Border Terrier

31º: Welsh Springer Spaniel

32º: Manchester Terrier

33º: Samoieda

34º: Field Spaniel; Terra-Nova; Australian Terrier;

American Staffordshire Terrier; Setter Gordon e Bearded Collie

35º: Cairn Terrier; Kerry Blue Terrier e Setter Irlandês

36º: Norwegian Elkhound

37º: Pinscher Miniatura; Affenpinscher; Silky Terrier; Setter Inglês; Pharaoh Hound e Clumber

38º: Norwich Terrier

39º: Dálmata

40º: Soft-coated Wheaten Terrier; Bedlington Terrier e Fox Terrier de pêlo liso

41º: Curly-coated Retriever e Irish Wolfhound

42º: Kuvasz; Pastor Australiano

43º: Saluki; Spitz Finlandês e Pointer Inglês

44º: Cavalier King Charles Spaniel; Pointer Alemão de pêlo duro; Coonhound Black and Tan e American Water Spaniel

45º: HUSKY SIBERIANO; Bichon Frisé e English Toy Spaniel

46º: Spaniel Tibetano; Foxhound Americano; Otter Hound; Greyhound e Pointer Griffon

47º: West Highland White Terrier e Scottish Deerhound

48º: Boxer e Dogue Alemão

49º: Dachshund e Staffordshire Terrier

50º: Malamute do Alasca

51º: Shar-Pei; Whippet e Fox terrier de pêlo duro

52º: Rhodesian Ridgeback

53º: Ibizan hound; Welsh terrier; e Irish terrier

54º: Akita e Boston Terrier

55º: Skye Terrier

56º: Norfolk Terrier e Sealyham Terrier

57º: Pug

58º: Buldogue Francês

59º: Griffon de Bruxelas e Maltês 60º: Greyhound Italiano

61º: Chinês Crested Dog

62º: Dandio Dinmont Terrier; Basset Vendeano; Tibetan Terrier; Spaniel Japonês e Lakeland Terrier

63º: Old English Sheepdog (chamado de bobtail)

64º: Cão dos Pirineus

65º: Terrier Escocês e São Bernardo

66º: Bull Terrier

67º: Chihuahua

68º: Lhasa Apso

69º: Bull Mastiff

70º: Shih-tzu

71º: Basset Hound

72º: Beagle e Mastiff Inglês

73º: Pequinês

74º: Bloodhound

75º: Borzói

76º: Chow Chow

77º: Bulldog Inglês

78º: Basenji

79º: Afghan hound

Categories: Curiosidades

WhatsApp chat